OFICINAS/VIVÊNCIAS – Mestre Lumumba

O PODER DAS PALAVRAS

Nas tradições indígenas e africanas, a circularidade e a sacralidade da palavra são dádivas divinas para os seres humanos. Palavras escritas ou ditas por meio de ancestrais são a prova da confiança nas mais complexas formas de criação da vida e de suas conexões com a divindade.

Tierno Bokar (1875-1940), sábio malinense que via na tolerância a única possibilidade de sobrevivência do ser humano, afirmou que “a escrita é uma coisa, e o saber, outra”. Para ele, sempre existiu uma diferença profunda entre as palavras “escrita” e falada”:  “À escrita é a fotografia do saber, mas não o saber em si. O saber é uma luz que existe no homem. A herança de tudo aquilo que nossos ancestrais vieram a conhecer e que se encontra latente em tudo o que nos transmitiram, assim, como o baobá já existe em potencial em sua semente”.

Mestre Lumumba é um dos detentores e mantenedores dos saberes tradicionais e ancestrais afro-ameríndios que lhes foram legados por outros Mestre.

Desconsiderados como importantes dentro do contexto da política colonizadora imposta pelos Europeus à partir do século XV no Brasil, os conhecimentos tradicionais dos povos indígenas e afro-brasileiros compõem a importante e qualificada guarda de nossa ancestralidade afro-ameríndia. Embora sejam permeados de memórias e histórias, por vezes difíceis de comprovar justamente devido a ausência de registros escritos, trazem consigo contextos transgeracionais extremamente válidos para manter nossas conexões com os saberes dos herdeiros afro-ameríndios. 

Atualmente, a transmissão dos saberes ancestrais se mantém viva e dinâmica graças aos ensinamentos guardados por Mestras e Mestres que se espalham pelo país afora. São eles quem mantém naturalmente as práticas de relação em comunidade transmitindo suas tradições de forma criativa.

Tambores ancestrais

ANDANÇAS COM OS MESTRES

Mestre Lumumba é um dos detentores e mantenedores dos saberes tradicionais e ancestrais afro-ameríndios que lhes foram legados por outros Mestres que encontrou em sua caminhada. Dentre eles, foi Mestre Didi (sacerdote do culto dos ancestrais, conhecedor de línguas africanas, construtor e tocador de tambores, conhecedor de ritmos e canções ancestrais, artista e escritor), que lhe abriu a percepção para o universo místico dos tambores Ilú. A partir deste encontro, iniciou-se na Irmandade dos Tambores Ilú, aprendendo o saber tradicional de sua fabricação e conhecendo sua sonoridade e história. 

A partir de 2020, Mestre Lumumba oferecerá cursos, oficinas e vivências no seu espaço cultural que fica em São Luiz do Paraitinga (SP).

O saber que Mestre Lumumba resguarda é precioso e raro nos dias atuais: o ofício de confecção de tambores ancestrais é específico e somente ensinado de Mestre para aprendizes.

As oficinas ministradas pelo Mestre tem como objetivo básico promover e difundir, através de um processo educativo, os saberes envolvidos na construção e toque de instrumentos percussivos e da vivência dos ritmos e cantos ligados ao universo da cultura afro-ameríndia, missão assumida por ele desde o início de sua formação.

Com duração de mínima de 12 horas, Mestre Lumumba passa conhecimentos relativos à construção artesanal e ao toque de tambores perpassando por cantos étnicos ancestrais que aprendeu em sua caminha de mais de 50 anos de carreira na música e na lutheria.

Vivência em construção e toque de tambores realizada em São Luiz do Paraitinga (SP).

PRÓXIMAS DATAS:

Encontros estacionais litorâneos com Mestre Lumumba + convidadas/os

Cantos étnicos + Construção e toque de tambores afro-ameríndios

Ao longo de 2020, Mestre Lumumba levará suas vivências e aprendizados para o litoral sul de São Paulo, mais precisamente para a comunidade caiçara do Boqueirão Sul localizada na cidade de Ilha Comprida (próximo a Cananeia).

Ao todo, serão quatro encontros distribuídos pelas estações do ano nas seguintes datas: 21 e 22/03 (outono), 20 e 21/06 (inverno), 26 e 27/09 (primavera) e data a confirmar em dezembro ou janeiro (verão).

Informações e inscrições clique aqui.

Quer levar o Mestre para uma oficina/vivência na sua cidade?

Entre em contato conosco: (11) 98530-4910 ou (13) 98102-9918 / lumumba.tambores@gmail.com




ENTRE EM CONTATO:

IRÊ PRODUÇÕES

(12) 98249-8371

(16) 98815-7127

lumumba.tambores@gmail.com

SIGA-NOS EM NOSSAS REDES SOCIAIS:

Scroll Up
WhatsApp chat